O que são poros dilatados?

dezembro 28, 2017


Sabe aqueles 'furinhos' que aparecem no rosto, que acumulam oleosidade, maquiagem, cravos e pioram a textura da nossa pele?! Pois esses são poros dilatados

Muitas pessoas sofrem com essa condição, tentando disfarçar a aparência deles e tratar, para melhorar o aspecto da pele. 

Hoje nós vamos conversar a respeito disso, entender o que realmente são, e como podemos evitar/amenizar.

"Meus poros são enormes." - já dizia Regina George no filme 'Meninas Malvadas'.
 Para início de conversa, poros são pequenas aberturas que temos em nossa pele, por onde saem os nossos pelos e as secreções que produzimos, como o suor - produzido por nossas glândulas sudoríparas, para regular nossa temperatura - como o sebo/oleosidade - produzido pelas nossas glândulas sebáceas, para proteger e manter a hidratação da pele. 

Com o passar dos anos, os poros vão ficando mais evidentes, e isso pode incomodar, afinal, quanto mais dilatado, maior será o acúmulo de sujidades no local (podendo gerar acne), e até mesmo com maquiagem fica um pouco difícil disfarçar.

Antes de falarmos sobre os tratamentos, vamos primeiro entender os tipos de poros dilatados que uma pele pode apresentar:
 
Tipos de poros e diferenças entre comedões e cicatrizes.
 
Como podemos observar na imagem acima, poros dilatados são bem diferentes de cicatrizes deixadas por acne - e muitas pessoas ainda confundem isso. 
A cicatriz de acne obviamente deixa marcas profundas na pele, onde anteriormente era preenchido por comedão. Já o poro dilata ao longo dos anos, por vários fatores:
  • Exposição aos raios UV sem o uso de protetor solar;
  • Excesso na produção de sebo/oleosidade;
  • Envelhecimento;
  • Falta de cuidados adequados à pele;
  • Exposição à poluição e sujidades;
  • Hereditariedade;
  • Tabagismo (acelera o envelhecimento);
  • Etc.


Recentemente encontrei uma segunda classificação de poros dilatados, de acordo com seu formato. Não é nada acadêmico, mas achei interessante para dividir com vocês a nível de curiosidade:


 Formato "O":
São causados por oscilações hormonais, comuns durante a adolescência, o que leva à uma produção exacerbada de sebo/oleosidade pela nossa pele. Outro fator é a permanência de comedão (cravo) no poro por muito tempo - o que acaba dilatando o poro - ou a falta de higienização e cuidados corretos com a pele. 

Formato "U":
São poros dilatados agravados pela falta de hidratação e elasticidade da pele . Esse tipo pode aparecer antes ou depois dos 25 anos, assim que nossa pele começa a envelhecer. Nessa fase nossa produção de colágeno e elastina caem, e a pele pode ficar desidratada com mais facilidade. É como se fosse o formato do anterior, mas esticado pela falta de hidratação da pele. 

Formato "Y":
Já nesse caso a pele precisa de  cuidados intensivos como produtos muito hidratantes e de efeito lifting. Podemos observar a flacidez e falta de tônus como um agravante. 

De uma maneira geral, os fatores que propiciam a dilatação dos poros são a produção exagerada de sebo, falta de higienização da pele de forma adequada, envelhecimento e fatores externos (poluição, exposição solar sem proteção, cigarro).  

Quando cito aqui a higienização de forma adequada, me refiro à alguns cuidados especiais que a pele necessita, e esses cuidados se fazem mais do que necessários durante nosso envelhecimento.

Vou dar algumas dicas de cuidados  que devemos ter afim de evitar os poros dilatados, mas vai um alerta: 

"ESTE POST NÃO SUBSTITUI UMA CONSULTA 
COM SEU PROFISSIONAL ESTETICISTA 
E SEU MÉDICO DERMATOLOGISTA"

"Ria o quanto você quiser, mas em 10 minutos nós teremos uma pele mais jovem"
 
HIGIENIZAÇÃO

A pele  deve ser limpa com produtos adequados ao seu tipo de pele. Não utilize o sabonete de corpo no rosto, afinal, é um produto com pH diferente do que seu rosto precisa e pode ser agressivo. 
Lembrando que a oleosidade é uma proteção da nossa pele, não devemos retirá-la completamente, então nada de lavar o rosto várias vezes ao dia. 2 x por dia: uma pela manhã e outra pela noite são suficientes. Se retiramos a oleosidade por completo, nossa pele se sente desprotegida, e acaba produzindo MAIS oleosidade, o famoso 'Efeito Rebote'; então vamos nos conter no que é suficiente, certo?! 

TONIFICAÇÃO

Após a limpeza da pele, devemos tonificá-la. O tônico consegue limpar mais profundamente do que o produto higienizante e alguns produtos, como o tônico adstringente/ sebo regulador, conseguem controlar nossa oleosidade durante o dia. Mas está aí o segredo: nós não vamos remover completamente a oleosidade, e sim controlá-la! 

HIDRATAÇÃO

Não vá achando que, só porque tem pele oleosa, ela não precisará de hidratação. 
Como dito anteriormente, oleosidade é uma proteção da nossa pele que MANTÉM a hidratação da mesma, ou seja, ela não é hidratante. O produto hidratante, diferente do que muitos pensam, não aumenta a oleosidade da pele, o que aumenta é o uso de hidratante inadequado ao seu tipo de pele, ou seja, com uma base incompatível com o que a sua pele necessita. 

PROTEÇÃO

Nós sabemos que os raios solares são um agravante nesse quadro, então devemos proteger nossa pele com protetor solar, novamente, com fórmula adequada ao nosso tipo de pele. Lembrando que protetor solar deve ser reaplicado ao longo do dia. 

CUIDADOS ESPECIAIS

Para a remoção de células mortas, devemos esfoliar - gentilmente - nosso rosto 1x por semana, com movimentos circulares. Lembrando que devemos utilizar esfoliante específico para rosto, e de acordo com nosso tipo de pele. 
Existem no mercado alguns produtos que prometem amenizar os poros, que podem ser inseridos nessa rotina de cuidados.

No próximo post vamos conversar à respeito dos tratamentos estéticos que temos disponíveis para amenizar poros dilatados! Para não perder, assine o feed do blog para receber minhas publicações por e-mail! É só se cadastrar na lateral do blog ->

Posts relacionados

0 comentários