Minha história na estética


Sim. Este será o post mais longo desse blog, então pegue balde de pipoca e confira! 

Eu escrevo há alguns anos para vocês sobre estética, dividimos aqui dicas, protocolos, informações, materiais de estudos, e histórias - muitas histórias!

Muitos de vocês já me contaram suas histórias e de como o blog influenciou/ajudou ou foi importante em algum momento de suas trajetórias, e isso me deixa EXTREMAMENTE feliz e lisonjeada.
Eu tento diariamente contribuir com a trajetória de vocês, me empenho muito para isso, e venho recebido um feedback incrível! Mas é aquilo, eu tenho um pouco de noção de como contribuí até agora, mas vocês não fazem ideia de como contribuíram na minha vida! 

E depois de dividirmos tantas coisas juntos, conversas e muita informação sobre estética (é lógico), eu sempre fiquei devendo uma história para vocês: a minha. 

Para poder contar sobre meu vínculo com a estética, vou falar um pouco sobre minhas origens, para vocês entenderem algumas coisas depois ok?!

Tudo começou em Guaranésia, uma cidade do interior de MG com seus aproximadamente 20.000 habitantes. 

Mini Ísis, em 1991.
Calma gente! Não vou contar desde a minha infância, podem ficar tranquilos. Era só pra mostrar que belezinha eu era quando criança mesmo hahaha
Meus pais se casaram muito cedo, minha mãe com 18 e meu pai com 24 anos, e em novembro de 1990 eu nasci. 

Meu pai veio de uma família pobre, com 7 irmãos, perdeu o pai muito cedo e começou a trabalhar com 14 anos. Depois de muito batalhar se tornou comerciante, que é a profissão que tem até hoje.

Minha mãe veio de uma família com uma condição um pouco melhor.  Como se tornou mãe muito cedo, ela terminou os estudos com muita dificuldade, e só foi conseguir fazer a faculdade de Biologia quando eu tinha uns 10 anos e meu irmão 4. Ela foi professora de biologia por um bom tempo, e hoje trabalha junto com meu pai.

Estou contanto isso para vocês entenderem que eu tive dois grandes exemplos em casa (que são o meu maior orgulho). Nada foi fácil, passamos por MUITOS perrengues, mas eu aprendi desde cedo que nada vinha fácil e que pra conseguir qualquer coisa nessa vida eu teria que me esforçar muito!
Não nasci em berço de ouro, e tudo o que meus pais conseguiram me proporcionar foi em meio de muita dificuldade.


Meus pais durante minha formatura.
Dando um salto no tempo, quando terminei o colegial eu não fazia ideia de que curso eu iria me candidatar para faculdade.
Fiz inclusive teste vocacional com psicóloga na escola, mas o resultado foi muito amplo: medicina, fisioterapia, biomedicina, jornalismo, e não me lembro as outras opções.

Primeiro me candidatei a Medicina e Biomedicina, falhei miseravelmente. Meus pais decidiram me colocar no cursinho para que eu tivesse um reforço e decidisse melhor. 
Como sempre fui muito comunicativa (um pouco tímida, mas comunicativa) eu pensei em ser diplomata. Prestei vestibular para Relações Internacionais e Comércio Exterior (como segunda opção). Falhei novamente. 
Fui ficando desanimada com aquilo e já achava que a faculdade não era lugar para mim. 

Durante esse processo de cursinho e as minhas frustrações, apareceram os blogs de beleza e maquiagem no Brasil. Lembro que os primeiros que conheci foram o 2beauty e o Coisas de Diva. 

Mais duas amigas também seguiam e compartilhávamos os mesmos interesses por 'feminices', e porque não criar o nosso blog? Daí nasceu o blog "Batom Rosa". 


Blog Batom Rosa, de 2009 à 2015.
Foram muitos anos escrevendo para esse blog, de 2009 à 2015. Durante esse período surgiram várias coisas legais, sendo elas: 

Uma matéria para a revista "Sou Mais Eu"

Primeiro lugar no concurso "Profissão Blogueira" da loja "Melisseiras".

Ganhadora do concurso de maquiagem para carnaval da Dailus.


Organizei o primeiro encontro de blogueiras da Beauty Fair em 2012.

Quando comecei, lá em 2009, eu adorava escrever para o blog, principalmente sobre cosméticos e maquiagem. Dedicava boa parte do meu tempo à ele e divulgava timidamente (sim! eu morria de vergonha) em minhas redes sociais (Orkut e Facebook).


Foi aí que minha mãe e eu tivemos a conversa mais importante da minha vida. 

Certo dia ela chegou para mim e disse: "Se você gosta tanto de cosméticos e a área de beleza, porque não faz faculdade de Estética?" - sim! Minha mãe vendo meu interesse já havia pesquisado opções. 

Confesso que não fazia ideia que existia faculdade de estética, e eu tinha pouca noção do que uma esteticista fazia. Fui pesquisar na internet as poucas informações que haviam na época. E foi amor à primeira vista! 

Mas daí vinha a notícia ruim: o curso só estava disponível em faculdade particular; não tínhamos dinheiro para isso. 

Não me dei por vencida, e comecei a pesquisar as opções. Encontrei duas faculdades, uma em Três Corações e outra em Franca. E para nossa surpresa a mensalidade cabia no bolso.
Até cheguei a fazer vestibular para a faculdade de Três Corações, passei, mas a distância de lá para a minha cidade impossibilitaria eu visitar meus pais com frequência. Então fomos para a outra opção, a Universidade de Franca/SP. 

Enviei minha nota e redação do ENEM para eles e fui selecionada.

Fizemos MUITAS contas antes de decidirmos que essa seria a faculdade certa.

Meu pai já havia me avisado, nós conseguiríamos pagar a faculdade, mas seria uma vida fora de casa sem luxos. Por sorte conseguimos uma moradia muito melhor do que esperávamos, próximo da faculdade. Extravasava nosso orçamento, mas era uma tranquilidade a mais para o meu pai que estava aflito com a ideia de eu ir morar sozinha, há 200km de distância de casa, com meus 19 anos de idade. 

Foram 3 anos de muito perrengue. Mensalidades atrasadas, notificações e notificações do prédio onde eu morava - acho que só não fui despejada porque o pessoal da administração do prédio era muito compreensivo e parceiro, e o país já não estava numa situação financeira boa no geral.
As coisas começaram a apertar e eu queria arrumar um emprego, contra gosto do meu pai. Nós tínhamos combinado que eu não iria trabalhar para poder me dedicar integralmente aos estudos, porque ele queria que eu tivesse a oportunidade que ele não teve. Fiz entrevistas para O Boticário e mais duas clínicas, mas quando não era aceita, a proposta era abusiva demais. Então me mantive apenas na faculdade. 


Durante a faculdade de 2010 à 2012.

Na imagem acima vocês podem ver na primeira imagem eu em uma aula prática de limpeza de pele, depois em uma aula de cosmetologia no laboratório de Farmácia, manipulando alguns produtos para conhecer melhor o processo de desenvolvimento de cosméticos, e por último a linha de cosméticos - fictícia - que desenvolvi como trabalho final de Cosmetologia. Logicamente que em outro momento falarei mais sobre esse período com vocês. 

Depois de passar muito no vermelho,  altos e baixos, finalmente em 2012 peguei o meu diploma, numa festa parcelada a se perder de vista - Sério, levamos alguns anos para pagar ela hahaha.


À esquerda minha colação de grau e à direita eu e meus pais na minha festa de formatura.
Mas, como eu fui uma pessoa ansiosa desde sempre, antes de me formar eu já havia encontrado uma sala para locar para começar a atender. Era em Franca mesmo, na clínica de uma fisioterapeuta que já atuava há algum tempo na área. Éramos ela, eu e uma nutricionista. 
A sala me custaria R$300,00 por mês, e meu pai estava disposto a me ajudar a montá-la. 

Minha sala de atendimento em Franca/SP - 2012.
A clínica era em uma casa alugada, e minha sala era um quarto com armário embutido (que não aparece na imagem). A maca e os equipamentos foram comprados aos poucos e todos eram usados, não tínhamos dinheiro para comprar novos. Demos muita sorte em encontrar esses, mas conto isso em outra oportunidade. Ah! Eu não tinha mocho também, daí eu usava um banco de metal (está do lado do carrinho auxiliar) que foi emprestado pela minha avó <3 

Atendi nessa salinha por quase 1 ano. Foi um período de muito aprendizado, aproveitei para fazer alguns cursos, e fui me desenvolvendo aos poucos como profissional - a gente acha que sai preparada da faculdade, mas a experiência é no dia a dia que se faz.


Passei por um período de frustração também, porque eu esperava conseguir muitos pacientes, mas as chances não estavam a meu favor. Morava numa cidade que ninguém me conhecia e não tinha dinheiro para investir em propaganda. Nessa época eu ainda não 'manjava dos paranauês' de divulgação, mas dava meus primeiros passos. E com o passar do tempo nem o aluguel eu conseguia pagar.


Chegou num ponto que eu estava frustrada, deprimida, longe dos meus pais. Foi um período bem difícil. Meus pais muito preocupados com minha situação me fizeram a proposta de eu retornar para a minha cidade e montarmos lá a minha clínica. 

Nessa época meu pai tinha um cômodo comercial parado, que ele havia adquirido num negócio há algum tempo. Ele não estava usando, eu precisava de um local para atender e precisava voltar para casa. Unimos o útil ao agradável e assim nasceu a minha clínica, que se chamava "Atelier do Corpo".


Logo da minha clínica.
E foi nessa clínica que eu me tornei a profissional que sou hoje. Foram 3 anos atendendo lá. Foi a minha grande paixão. 
Lá eu pude desenvolver melhor os meus protocolos, atendimento ao público, mas principalmente a parte de marketing na área de estética. 


Recepção da minha clínica em Guaranésia/MG - de 2013 à 2016.
Essa era a recepção da minha clínica. Boa parte do dinheiro que eu ganhava eu reinvestia no "Atelier do Corpo".
Nessa época eu buscava inspirações profissionais para seguir nessa minha nova jornada, foi ai que conheci pela internet a Flávia Medeiros (já contei essa história aqui pra vocês um milhão de vezes hahahaha).
Foi um período muito próspero para mim. Conseguia manter minhas contas, morava com meus pais e finalmente havia conseguido comprar o meu primeiro carro: um fusquinha com portas automáticas!

O primeiro carro a gente nunca esquece!
Eu estava num momento muito bom da minha vida profissional. Foi nessa época que resolvi criar esse blog e começar a fazer o trabalho que eu fiz por tantos anos no "Batom Rosa", mas agora seria voltado aos profissionais da área que eu amava, a estética. 

Eu já tinha vários seguidores esteticistas nas redes sociais da minha clínica, recebia vários elogios pelas coisas que eu postava. Daí veio a inspiração de dedicar conteúdos para profissionais.

Foi baseado nos perrengues que passei, nas informações e experiências que eu não tive no início da minha carreira. Eu poderia fazer parte de algo maior do que ter apenas minha clínica, eu poderia contribuir com outros profissionais. E foi isso que comecei a fazer. 


Este foi o primeiro banner aqui do blog, em 2014!
Com o passar do tempo os seguidores foram crescendo, a demanda por mais conteúdo também. Em 2015 eu já encerrei meus posts no blog "Batom Rosa" e me dediquei apenas ao "Ísis Mafra Esteticista".
Nessa época descobri que haviam mais profissionais que faziam conteúdos como o meu, e eram: Fernanda Pereira, Cristiane Rocha, Bárbara Vieira e Nathalie Souza. Começamos a trocar mensagens e a amizade foi certa. Em pouco tempo criamos o "Time do Bem" da estética, onde passamos a indicar umas as outras a fim de atingir o máximo de profissionais possível, afinal quanto mais gente ajudarmos melhor. 


Primeira imagem que fiz à respeito do "Time do Bem".
Algumas empresas começaram a enviar material para eu apresentar no blog, como Flér Dermocosméticos, Medicatriz, D'Água Natural, Buona Vita e Sonobel; sou grata a cada uma por ter acreditado no meu trabalho desde o início! 

Comecei a fazer a cobertura de algumas feiras de estética e beleza como: Hair Brasil, Beauty Fair, Feira Estétika e Estética in São Paulo. Algumas eu já frequentava desde 2011, mas as coberturas sobre estética começaram em 2015.

Em Setembro de 2016 veio um convite inesperado. O Cristiano dos Santos, do programa Estética na TV entrou em contato comigo, me convidando a participar do programa para falar sobre um dos meus assuntos preferidos: limpeza de pele! 



Entrevista cedida ao Estética na TV - Setembro de 2016.
Foi incrível poder participar do melhor programa de estética do país, e após esse programa que gravamos o feedback foi muito positivo. Muito obrigada Cristiano por também ter feito parte do meu crescimento na área e por ser esse grande incentivador de pessoas!

Nessa época o blog começou a ganhar proporção, e eu decidi juntar um dinheiro para investir no curso que eu mais queria: o Magic Touch Detox da Flávia Medeiros, em novembro de 2016. 



Ao lado da "Fada mãe" - Flávia Medeiros.

Imagina a minha felicidade de conhecer pessoalmente a pessoa que me inspirou quando eu estava iniciando minha clínica. Foi incrível! E não foi apenas o aprendizado do Método Magic Touch Detox, foi um aprendizado de experiências de uma profissional com quase 14 anos na área. 
Voltei para Guaranésia com a cabeça fervendo de ideias, disposição e novos projetos. E já que meu namorado morava em São Paulo, e eu estava pelo menos 1 vez a cada 2 meses na cidade, decidi começar meus atendimentos em SP também. Bem como os cursos.

Nessa época surgiu mais uma grande oportunidade: participar de uma campanha publicitária em comemoração ao Dia do Esteticista, organizado pela Flér Dermocosméticos, que se chamava #flérnaminhaclínica . 


E daí foram surgindo oportunidades de mais turmas do meu curso, workshops, parcerias e mais procura de atendimentos em SP do que em MG.


Foi aí que em Dezembro de 2016, vim para São Paulo tirar férias e... não voltei mais hahaha Isso eu já expliquei para vocês em um vídeo (se você não viu, clique aqui!)


Em 2017 mais oportunidades e projetos surgiram. Levei o curso do meu método de limpeza de pele para Sinop/MT, participei de eventos de lançamentos de produtos da Pegolia PRO, dos produtos Redutti by Flávia Medeiros em parceria com a Flér Dermocosméticos, realizei mais turmas do meu método de Limpeza de Pele aqui em São Paulo e ... o ponto alto desse ano: ser indicada por ninguém menos do que Flávia Medeiros ao prêmio de Esteticista do Ano na Quarta Premiação Estétika, a qual cheguei na final graças a vocês. Não levei o prêmio, mas sou muito grata em ter sido indicada e ter conseguido ficar entre as 3 mais votadas. 


Bem, eu contei muitas coisas, devo ter esquecido de muitas outras, mas no geral é basicamente isso. 

Essa foi resumidamente (sim! Post desse tamanho e foi resumido kkk) a minha trajetória na estética. 

Algumas coisas e feitos que contei aqui, podem parecer pequenos para alguns, mas aprendi desde cedo com meus pais que mesmo pequenos feitos são grandes vitórias, e que devem ser assim celebradas! Cada passinho que eu dava na estética, cada oportunidade que me deram, tudo era motivo de comemoração e o mais importante: GRATIDÃO! 


E foi assim que vocês mudaram a minha vida! A partir da participação aqui no blog, curtindo a página no facebook, me seguindo no instagram, se inscrevendo no canal do YouTube... a maioria das coisas que pude participar foi graças a vocês! E eu sou eternamente grata a isso! 


Muitas oportunidades me foram dadas, mas elas só surgiram através do apoio de vocês e do meu empenho durante esses anos todos. Quando eu não tinha a oportunidade que eu queria, eu enxergava duas opções: eu batalhava para conseguir ou a criava. 

Logicamente que não tive apenas bons momentos e hoje também não vivo num mar de rosas, não é isso. Mas aprendi ser uma pessoa bem otimista e sempre enalteci mais as coisas boas do que as ruins. 

Nesse post eu citei algumas dificuldades que passei pelo meu caminho, não para me fazer de coitadinha, mas para mostrar a vocês que dificuldade todos nós passamos e é isso que nos faz crescer e buscar novas oportunidades. Não quero ser lembrada pelas dificuldades que passei, mas pelas pessoas que eu pude ajudar nessa trajetória! 


Sou grata a TODOS que fizeram parte até agora da minha história, agradeço de coração mesmo, mas gostaria de encerrar agradecendo os maiores envolvidos: meus pais. Foram eles que fizeram a pessoa que sou hoje, eles que mesmo não tendo condições fizeram o possível (e o impossível) para me proporcionar oportunidades melhores que eles não tiveram, que acreditaram nos meus sonhos, que me mantiveram com os pés no chão me lembrando das minhas origens e que mesmo a muitos Km de distância estão presentes em meu desenvolvimento. A minha maior vitória nessa vida com certeza foi ter vocês dois como meus pais e meu alicerce; já disse isso em outras oportunidades mas repito: vocês são a minha maior riqueza ! <3 



Foto da minha colação de grau: à esquerda minha mãe, eu, minha avó paterna, meu pai e meu irmão.
GRATIDÃO! 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário