Vamos desistir da área de estética?



Ontem me deparei com uma publicação num grupo do Facebook que me deixou bem preocupada.

Nessa publicação várias colegas da área estavam discutindo a situação de desistirem da área de Estética. 

Não dá pra entrar nesse assunto sem comentar a atual situação do país. O Brasil passa por uma recessão financeira, ou seja, o brasileiro teve sua renda diminuída. Logo, não foi a área que ficou ruim, mas sim a condição financeira de toda uma nação que foi prejudicada, logo, vários seguimentos passam pela mesma situação. 

Feito essa observação, vamos voltar à publicação.

Muitas das coisas que li foram:
"A área está ruim"
"O movimento está péssimo"
"Mal consigo pagar minhas contas"
"Meus concorrentes cobram muito barato"
"As pessoas não valorizam os procedimentos"
Dentre muitos outros.

Todos esses comentários tem motivos diferentes, mas notem que tem apenas UMA coisa em comum: a culpa é sempre de outra pessoa ou fator.
Vi muitas pessoas insatisfeitas, reclamando, mas culpando sempre algo ou alguém pela sua insatisfação.

O que quero através desse post não é repreender essas pessoas, mas mostrar a situação sob uma nova perspectiva. 

A primeira coisa é: pare de arrumar justificativas para a sua atual situação. 
Nós perdemos muito tempo reclamando do que estamos passando, deixando de correr atrás de uma solução.

Se você acha que a sua situação está ruim, não espere que a solução venha até você, CORRA ATRÁS DELA! Só depende de você melhorar sua condição, de mais ninguém. 

"Dependemos dos pacientes!"

Concordo, mas através do trabalho bem feito, o trabalho feito com amor, os pacientes vem até nós. 

Por falar em amor, vou falar rapidamente da minha trajetória para chegar à estética. 
Como já disse na imagem dessa postagem, não fui eu que escolhi a área de estética, foi ela que veio até mim. 
Foi numa época que eu estava muito perdida, sem saber o que fazer e qual rumo seguir, e uma sucessão de acontecimentos e situações me levaram até ela.
Cada segundo após conhecer a estética, foi puro amor. Eu realmente havia encontrado meu lugar e a paixão, de fazer aquilo que se gosta. História parecida com alguém que você conhece?! rsrs

Acredito que, quando amamos o que fazemos, não conseguimos desistir, e sim lutar! É difícil ? Claro que é! Mas alguém disse que seria fácil?! 

A 'resistência' determina os mais fortes e capacitados, e isso depende da nossa vontade de fazer acontecer e lutar por isso.

Como já disse em outra publicação aqui, se a situação está complicada, a hora é de inovar! Investir em novos equipamentos, novidades e até mesmo em cursos. E se o momento não for o ideal, financeiramente falando, basta fazer o que o concorrente não faz, fazer um atendimento de excelência e inovar em seus tratamentos. 
Se não está conseguindo pagar seu aluguel, vale cogitar tentar realizar atendimentos home care. O que estou tentando passar a vocês é: pra tudo tem jeito, basta querer!

Faço ainda uma citação de Steve Jobs

“O seu trabalho vai ocupar grande parte da sua vida, e a única maneira de ser realmente satisfeito, é fazer aquilo que você acreditar ser um ótimo trabalho. E a única maneira de realizar um ótimo trabalho é amar aquilo que você faz. Se você ainda não encontrou isso, continue procurando. Não se acomode. Assim como em todos os assuntos do coração, você vai saber quando achar. E como em qualquer grande relacionamento, só fica melhor com o passar dos anos. Portanto, continue procurando até encontrar isso. Não se acomode.”

Finalizando essa linha de raciocínio, se a estética escolheu a você, assim como escolheu a mim, se você faz aquilo que realmente ama, não desista, INSISTA!

Já fiz um post semelhante a esse, com algumas dicas, a quem interessar, basta clicar aqui. 

Bem, agora gostaria de saber a opinião de vocês a respeito disso, vamos conversar? Deixem nos comentários pra gente debater! :) 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário