Como resistir à crise




Essa semana recebi uma mensagem inbox de uma leitora com um questionamento que tem sido MUITO frequente na minha caixa de entrada: “como resistir a essa crise?”.

Todas as mensagens contém a mesma essência: desânimo, frustração e desespero. Então é aquela velha história: a dúvida de um, pode ser a dúvida de outros. Vamos conversar um pouquinho a respeito.

A atual situação do país realmente é preocupante e influencia nos negócios. Estamos numa época de mudanças, altos e baixos e uma grande incerteza. Infelizmente não temos previsão de quando nossa economia conseguirá se recuperar.

"Como isso atinge a área de estética ?"

Bem, os impostos não param de subir, logo os custos básicos do nosso dia a dia tem ficado cada vez mais caros. Esses aumentos fazem as pessoas realizarem alguns “cortes” de hábitos que fogem do básico de sobrevivência, dentre eles estética, salão de beleza, manicure e afins.

Antes de mais nada, gostaria de fazer uma pequena sugestão: não deixe o desânimo tomar conta de você! Eu sei e entendo que é difícil não se deixar abater, mas os pacientes/clientes percebem quando estamos sem ânimo, e com isso podem ficar desanimados também!

Nada de ficar reclamando e culpando a crise para as pessoas que frequentam o seu espaço/clínica, isso pode gerar o seguinte questionamento: 


“Nossa! Pensando bem, será que é a melhor hora para investir num tratamento estético? Será que diante dessa crise não é melhor eu guardar esse dinheiro?”


ou então, diante do seu comportamento, interpretar de uma outra forma, e não levar o tratamento a sério, já que o próprio profissional aparenta não estar feliz com o que está realizando.

Se tem uma coisa que eu aprendi nesses anos de profissão foi: nos momentos mais difíceis, temos as melhores ideias! A primeira imagem dessa publicação ilustra bem isso, o momento de crise é o momento de CRIAR, INOVAR, e se for preciso, se REINVENTAR!

Já que não temos previsão de quando essa crise melhorará, temos que encará-la de frente, afinal, somos capazes!

“Mas Ísis, muitas pessoas tem deixado de fazer seus tratamentos”

Eu sei disso, infelizmente isso tem acontecido e vai continuar acontecendo. Vamos colocar a situação da seguinte maneira:

1. Aquela sua paciente, que está com você há muito tempo, está deixando de fazer seu tratamento por uma condição financeira difícil e não porque ela não gosta mais do seu trabalho. Assim que a situação dela melhorar, ela irá retornar;

2. Não é porque essa paciente não tem condição de continuar no momento, que outras também não terão;

3. Nada te impede de receber pessoas novas em seu espaço/clínica, basta saber onde procurar e como expor seu trabalho.

Logicamente que a diminuição do movimento traz uma certa frustração e desespero, mas isso é um sinal de que devemos trabalhar em cima disso e não ficar assistindo de camarote e sofrendo. 

Muitas pessoas tem fechado suas salas de atendimento e clínicas e isso me entristece muito. Fico pensando nos estudos e talentos que foram desperdiçados, nos investimentos perdidos e nos futuros promissores que esses profissionais desistiram de ter. 

Analisando sua própria trajetória, você acha que desistir seria realmente a melhor opção?! Não seria melhor fazer algo para se destacar?!

Como o momento pede CRIATIVIDADE, vou passar algumas dicas de coisas simples que podem auxiliar nesse momento. Se vocês acharem que algum desses tópicos merece uma atenção especial em um outro post, basta deixar uma mensagem nos comentários que eu trago assim que possível. 



APOSTE NAS REDES SOCIAIS

As redes sociais tem um alcance incrível nos dias de hoje. Afirmo com segurança isso, já que 90% dos meus pacientes conheceram meu trabalho através delas. O macete pra isso dar certo? Saber usar essa ferramenta a seu favor, já que é uma potente ‘disseminadora de informações’.
Já perdi a conta de quantas vezes já ouvi: “não sabia que existia tratamento para isso” ou “não sabia que você tinha esse equipamento” ou ainda “não sabia que você trabalhava com essa técnica”; as pessoas não tem obrigação de saber tudo, mas nós temos a obrigação de saber expor o que sabemos e com o que trabalhamos.

Faça uma postagem no facebook/instagram com uma dica de beleza, para mostrar seu conhecimento. Faça um texto falando sobre algum tratamento específico, para que as pessoas saibam que existe tratamento para aquilo que as incomoda. Poste imagens de antes/depois, para que conheçam o seu trabalho. Lembrando sempre de adicionar suas informações de contato no final dos textos e de manter a frequência das publicações. Já tem uma fanpage no facebook sobre seu trabalho/clínica/sala de atendimento? Se não, você está perdendo tempo! Crie hoje mesmo! 



FIRME PARCERIAS

Que tal firmar parceria com profissionais de diferentes áreas?! Você pode firmar parceria com nutricionistas, educadores físicos/academias e até mesmo com médicos. Ofereça uma porcentagem de desconto para alunos e pacientes desses profissionais. A cada 5 pessoas (+/-) indicadas, que iniciarem um tratamento com você, não esqueça de oferecer um mimo ao profissional que as indicou com algum serviço oferecido no seu espaço; com isso você bonifica ele de alguma forma, ele conhece melhor seu trabalho e estimula a continuar a te indicar. A parceria deve sempre ser interessante para ambos. 



FAÇA PROMOÇÕES

Todo mundo gosta de uma promoção, certo?! As promoções chamam a atenção dos pacientes que já estão conosco e aqueles que pretendiam iniciar ou que ainda não conheciam nosso trabalho. Mas nada de anunciar procedimentos à preço de banana e muito menos pela metade do dobro, hein!
A modalidade dessa promoção não é gerar lucro exorbitante, e sim abrir portas para novos pacientes e aumentar o fluxo da agenda. 
Faça por exemplo uma promoção de limpeza de pele + manutenção. O paciente realiza a limpeza de pele e ganha a manutenção dali 15 dias, que seria uma higienização, esfoliação e máscara hidratante. No momento que esse paciente retornar para a manutenção, aproveite para oferecer outros serviços, diga a ele sobre as necessidades que a pele dele tem, e o que você pode fazer por ele. Não encare essa manutenção como um 'custo' e sim como investimento.




INVISTA EM CURSOS

Que tal aproveitar que a agenda está mais flexível e investir em cursos? Novidades sempre chamam a atenção das pessoas e com isso mostra que você é um profissional atualizado. Tem alguma nova técnica em alta no momento? Procure saber se suas pacientes teriam interesse por ela e se o valor da sessão estipulado pelo curso é compatível com o poder econômico das pessoas que frequentam seu local. Se não for, você pode abrir portas para diferentes públicos também. 




INOVE

O momento é de inovação. Você pode investir em novos equipamentos ou até mesmo decorar mais o seu espaço, deixando-o mais aconchegante. Qualquer tipo de inovação é válida e faz a diferença. Muitas pessoas pensam "Imagina, isso não é hora de investir" o que é muito relativo. Não é hora de investir em 'qualquer coisa', mas sim no que te trará retorno, por isso uma pesquisa prévia é essencial ! Quebre paradigmas, inove nos tratamentos, surpreenda seus pacientes! 

Bem, essas foram só algumas dicas simples do que pode ajudar nesse momento. Se você tem alguma dica ou alguma dúvida, fique a vontade em deixar nos comentários pra gente conversar ! ;) 

Espero que tenha gostado, volte sempre! :) 

Imagens: Reprodução.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário